Encontros e desencontros


Encontros e desencontros.

Existem certas pessoas que são como um ímã para nós. Não importa aonde vamos ou com quem estejamos, a calada da noite não mente: o rosto é apenas um. O corpo é único.  E o encontro é doce, doce como a espera.

Entre meias palavras expressamos sentimentos inteiros, pois quem gosta não precisa de frases completas, mas de olhares inteiros.

Cara metade? Não, não acredito em cara metade. Sou inteira e sozinha. Ninguém me completa, mas certamente alguém me complementa.

Mas não adianta. Me escondo, fujo, disfarço, olho de canto, dou gargalhadas e faço caras e bocas… Você me encontra! Sem nem querer, você me encontra. Será que fazemos de propósito? Ou será que é o destino? Não, não acredito em destino. Mas acredito em escolhas. 

Está ai a minha. Quero te encontrar sempre. Sempre, sempre que possível. Quem sabe todos os dias?

Um dia nos encontraremos todos os dias.

E enquanto este  dia não chega,vou vivendo a minha vida. E você vive a sua.

Afinal de contas, a nossa liberdade é o que nos prende.

Luísa Morato

Deixe um comentário

Filed under Uncategorized

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s